Qual a Origem do Dia dos Namorados?

 Nos países Europeus e nos Estados Unidos, o Dia dos namorados é considerado um feriado oficial e comemorado dia 14 de fevereiro,chamado dia de romance e conhecido como; Valentine's Day, ou dia de São Valentim.

No Brasil não é considerado feriado oficial,mas na data os casais se presenteiam com chocolates, jantares especiais, dentre outros. 

A história envolve tradições,como a antiga tradição romana.Mas, afinal, quem foi este homem chamado São Valentim e porque o seu nome foi associado a esta comemoração?

Historiadores constataram que a Igreja Católica reconheceu três santos diferentes,chamados(Valentine ou Valentinus), que teriam sido martirizados e mortos de maneira cruel. 

Para iniciar o festival em homenagem ao santo, membros da Luperci(ordem de sacerdotes romanos),se reuniam numa caverna e acreditavam que os bebês Romulus e Remus-(fundadores de Roma)tinham sido cuidados por uma loba.

São Valentim era um padre que serviu durante o terceiro século em Roma.Quando o Imperador Cláudio II observava que os homens solteiros se tornavam melhores soldados do que os que tinham esposas e famílias, proibia o casamento de homens jovens.

Valentine, teria percebido a injustiça do decreto,desafiou a Cláudio -II,e continuou a realizar casamentos para jovens amantes em segredoQuando estas ações de São Valentim foram descobertas por Cláudio II, este ordenou que ele fosse morto.

Outros afirmam que um bispo católico de nome S.Valentim de Terni, teria sido o verdadeiro homônimo do feriado e que também foi decapitado por Cláudio II, fora de Roma.

Histórias sugerem que Valentine foi assassinado por tentar ajudar cristãos a escapar das duras prisões romanas onde eram frequentemente espancados e torturados.

 E, um destes homens de nome Valentim quando encarcerado, foi o primeiro a morrer depois de se apaixonar por uma jovem que possivelmente era filha do seu carcereiro, e o visitou no cárcere.

Antes da sua morte teriam alegado que ele escreveu uma carta para ela e assinou assim; "do seu namorado", esta expressão foi imortalizada e é usada até a atualidade.

Podemos compreender a existência de muitos mistérios envolvendo esta data que usam para comemorar dia dos namorados.Na Idade Média, talvez devido esta reputação, fizeram destes homens de nome Valentine, como se fossem os santos mais populares na Inglaterra e na França.

Nestes países o dia dos namorados acontece no mês de fevereiro para comemorar o aniversário da morte e do enterro destes namorados,que teria acontecido por volta dos anos 270 depois de Cristo.

Outros afirmam que a igreja cristã pode ter decidido colocar a festa de S.Valentim no mês de fevereiro,para tornar uma celebração pagã e Lupercalia, era uma festa de fertilidade dedicada a Faunus, um deus romano da agricultura, e aos fundadores romanos Romulus e Remus. Os sacerdotes sacrificavam uma cabra pela fertilidade, e um cão pela purificação. 

Despiam a pele da cabra em tiras, mergulhavam-nas no sangue e levavam para as ruas,esbofeteavam suavemente tanto as mulheres como os campos de cultivo com a pele da cabra.

As mulheres romanas não se amedrontavam, e saudavam o toque das peles porque acreditavam que as tornariam mais férteis no próximo ano. De acordo com esta lenda, mais tarde todas as jovens mulheres da cidade colocavam os seus nomes numa grande urna.

Os solteiros da cidade escolhiam um nome da urna e ficavam emparelhados durante o ano com a sua mulher escolhida, e muitas vezes estes jogos terminavam em casamento.


O Dia dos namorados no Brasil:

Diferente dos Países Europeus e Estados Unidos; no Brasil não é considerado data oficial e é celebrado 12 de Junho, desde o ano 1949, e o motivo é exclusivamente comercial.

A Ideia de estabelecer a comemoração teria partido do publicitário João Doria; dono da Agência Standart Propaganda, ele foi contratado pela loja Exposição Clipper, com objetivo de melhorar o resultado das vendas no mês de Junho que eram muito fracas.

Na época, ele era chamado de João Dólar por adversários. Era nacionalista apoiador de João Goulart, tendo feito parte da CPI que investigou a Rede Globo na década de 1960. 

Também relacionam a homenagem no Brasil ao Frei português Fernando de Bulhões mais conhecido como (santo Antônio) e teriam escolhido 12 de Junho, por ser véspera do dia de homenagem a esse santo, 13 de junho.

A história conta que em suas pregações religiosas, o Frei destacava a importância do amor e do casamento.E, devido as mensagens acolhedoras e prezar o matrimônio, ganhou a fama de santo casamenteiro.

As histórias sobre os primeiros namorados que foram mortos por declararem o seu amor,ficaram ligadas ao martírio que enfrentaram e ao mesmo tempo foram declarados heróis e santos milagrosos?Sabemos apenas o que ficou registrado.

Independente de crenças e costumes, na realidade, tudo que provém do amor não tira a vida, mas doa Vida, pois foi isso que fez o Autor do Amor.

Amor verdadeiro x enganoso

 

Um livro que inspira para o bem


I





Comentários