NÃO jogue o SEU voto no lixo!

Quanto vale o seu voto? 

Você é um cidadão que se importa e exige os seus direitos? Então preocupe-se em fazer a sua parte também.

Toda vez que deixa de votar, desvaloriza o poder de mudanças que está nas suas mãos, entrega de mão beijada a sua vida, ao jugo de mal intencionados. Pense: através de um voto, o bem ou o mal pode vencer.

Compreenda: é você que decide, quem vai governar e decidir as leis que regem a sociedade da qual você vive. Apenas reclamar não resolve!
Gritar, também não resolve. 
É preciso buscar informações, pesquisar sobre os candidatos, avaliar as suas propostas e votar consciente. Não apenas por desencargo de consciência, ou para não ter que pagar a multa.

Também não é coerente votar nulo,porque se anular o seu voto, não vai impedir que alguém seja o vencedor! 

Comunicação é tudo. Procure se manter informado, evite seguir apenas a opinião que outros ditam. Afinal, todo ser humano recebeu o poder do raciocínio.

O TRE, toma todas as precauções e medidas de seguranças para o mesário voluntário e para os eleitores. 

O Processo eleitoral no Brasil, no sentido amplo; diz respeito às fases organizativas das eleições, compreende também um breve período posterior. É organizado pela Justiça Eleitoral (JE), em nível municipal, estadual e federal. 

Na esfera federal, a JE, possui como órgão máximo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com sede em Brasília. 
Em cada estado da Federação e no Distrito Federal,existe um Tribunal Regional Eleitoral (TRE), bem como juízes e juntas eleitorais.

A Justiça Eleitoral organiza, fiscaliza e realiza as eleições regulamentando o processo eleitoral, examinando as contas de partidos e candidatos em campanhas.

 Controla o cumprimento da legislação pertinente em período eleitoral e julga os processos relacionados com as eleições.

Embora as etapas de votação, totalização e divulgação dos resultados sejam as mais conhecidas. O processo eleitoral possui outras fases importantes como: o cadastro eleitoral, a etapa de candidaturas, a prestação de contas e a logística eleitoral. 

Há ainda a fase de pós-eleições, que compreende, entre outras atividades, a diplomação dos eleitos.Em todo o processo eleitoral, há mecanismos para garantir a normalidade dos pleitos, a segurança do voto e a liberdade democrática. 

Por esses critérios, o Brasil se tornou referência mundial em eleições.
Dentre esses critérios, destaca-se o uso da urna eletrônica brasileira, que permitiu, desde o ano 2000 , que as eleições passassem a ser totalmente informatizadas.

Em 2008; o sistema biométrico de identificação do eleitor passou a ser adotado em algumas localidades. Desde então, a Justiça Eleitoral vem providenciando gradativamente o recadastramento biométrico de todo o eleitorado brasileiro. 

Até Julho de 2014; mais de 23 milhões de eleitores tiveram suas digitais cadastradas por esse sistema, representando mais um grande avanço na garantia da segurança do voto no Brasil.

Acompanhe informações importantes sobre as Eleições Municipais  direto da fonte.

Sobre as eleições 2020


Normas e documentações


TRE-RJ e OAB, firmaram parceria para conceber horas de estágio aos estudantes de Direito que trabalharem nas eleições. 

Confira mais detalhes no PDF 



Comentários