CADÊ as provas? Refrescando a memória!

Aconteceu no mês Dezembro de 2020.

No dia 28 de Dezembro de 2020; a  Sra. Éris Bezerra Crivella, mãe do ex-prefeito Marcelo Crivella despediu-se da vida terrena aos 85 anos de idade(longevidade). Sra. Erís Bezerra, era irmã do prezado Bispo Edir Macedo, fundador e líder da Iurd,ela morava no Rio de Janeiro durante mais de 29 anos, e era viúva.


Refrescando a memória

Foi divulgado que ela faleceu em casa, no bairro Copacabana- Zona Sul do Rio de Janeiro. No período não foi divulgado a causa do falecimento.

Segundo a fonte; no período a senhora Éris Bezerra ficou sem contato com o seu único filho, o prezado Sr. Marcelo Crivella, que estava como Prefeito do Rio de Janeiro.

 No período, ele estava afastado de exercer as suas funções na Prefeitura, porque cumpria a injusta prisão preventiva,e precisou de uma liminar da Justiça para ir a cerimônia de sepultamento de sua mãe, que aconteceu no dia 30 de Dezembro de 2020 no interior do Estado Minas Gerais.

No período do falecimento da Sra. Éris, o excelentíssimo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ),ministro Humberto Martins autorizou a presença do Sr. Marcelo Crivella sob escolta policial, conforme estabelece a Lei de Execuções Penais.

Na íntegra neste vídeo...

A Imprensa divulgou no dia 22 de dezembro de 2020, que a prisão aconteceu para investigação de um suposto esquema de corrupção na prefeitura. O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) acusava ele, de liderar o chamado “QG da Propina”.

Numa quarta-feira dia 23 de Dezembro de 2020, o ministro Humberto Martins, presidente do STJ; decidiu substituir a prisão preventiva por uma medida cautelar, devido o ex- prefeito se enquadrar ao grupo de risco da covid-19, dentre outros fatos.

No dia 24 de Dezembro de 2020, antes de transferirem ele do Presídio de Benfica para a prisão domiciliar, a desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita,do Grupo de Câmaras Criminais;

determinou a retirada de terminais telefônicos fixos, computadores, tablets, laptops, aparelhos de telefone celular,e smart TVs da residência do Sr. Marcelo Crivella no Condomínio Península na Barra da Tijuca, Zona Oeste do RJ.

O Tempo passou investigaram daqui, dali, e...Cadê as provas das acusações?

Conclusão:  

No dia 02 de Junho de 2021, foi divulgado que não conseguiram encontrar nada que desabone a conduta política do ex- prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella.

Video da notícia na íntegra

Certamente teríamos uma sociedade tão melhor e mais justa, se investigassem antes de denegrir a imagem de alguém com tamanhas acusações.

Mas, mesmo que não acredite;  existe o Perfeito e Justo Juiz que tudo vê, a tudo assiste, e no tempo oportuno retribuirá a cada um segundo o fruto das suas ações!


Não espalhe fakes


Coopere com o bem, espalhe fatos

 


Comentários